• /
  • Como viajar até Marrocos?

Como viajar até Marrocos?

// COMO VIAJAR PARA MARROCOS DE AVIÃO:

O aeroporto internacional de Casablanca é o maior e mais importante aeroporto de Marrocos. A Royal Air Maroc faz voos para Casablanca e depois existem voos domésticos para outras cidades do país, por isso dependendo do circuito e das cidades que pretendam visitar, pode ser uma boa opção. Existem também outras companhias aéreas que voam para aeroportos de outras cidades marroquinas.

A Tap Air Portugal tem voos directos de Lisboa - Marrakech e Lisboa - Casablanca.

Com a abertura do espaço aéreo marroquino, existem algumas empresas de baixo custo que começaram a voar para este destino o que faz com que os voos sejam bem mais acessíveis.

É tudo uma questão de planear as coisas atempadamente, conseguem-se preços muito acessíveis, dependendo obviamente da época em que se deseja visitar o país.

// COMO VIAJAR PARA MARROCOS DE FERRY:

Viajar para Marrocos de carro também é uma opção. Quer escolha fazer a viagem com viatura própria ou fazer a travessia a pé e depois alugar carro ou andar de transportes públicos, pode fazê-lo em Algeciras ou Tarifa, cidades portuárias do sul de Espanha. Algeciras é o porto principal e tem ligações para Tanger e Ceuta.

Uma travessia entre Algeciras e Ceuta demora cerca de 40 minutos e menos de 2 horas para Tanger. Podem também ir até ao pequeno porto de Tarifa e fazer a travessia até Tanger que demora aproximadamente 35 minutos.

Se nos permitem uma sugestão, esta última opção é bem mais tranquila e mais rápida. Existem alguns autocarros entre Algeciras – Tarifa que são gratuitos e demoram cerca de 25 minutos.

// ONDE DORMIR EM MARROCOS

Se deseja aventura, uns dias de “relax” ou mesmo umas férias de sonho, Marrocos é sem dúvida um destino a ter em conta. Há alojamento para todas as “carteiras”, desde os mais luxuosos hoteis 5 estrelas até ao mais simples auberge. Tudo depende do que pretende gastar, porque ao contrário de muitos outros destinos, Marrocos oferece muitas opções acessíveis que permitem passar uma noite agradável num espaço acolhedor e charmoso.

Os Auberges estão localizados nas pequenas vilas rurais e são construídos com o famoso “adobe” bem ao estilo dos Kasbahs. Têm uma energia familiar porque normalmente são um negócio de família.

Os Riads, encontram-se normalmente nas medinas. São antigas casas reformadas, normalmente com poucos quartos. São espaços charmosos com um pequeno pátio e que pode ter um pequeno jardim no centro, alguns também dispõem de um terraço.

Dar significa casa em árabe, e é precisamente disso que se trata, uma casa que recebe hóspedes.

Bivouacs ou acampamentos, são os tradicionais acampamentos de tendas nómadas no deserto.

Existem também os hoteis para todas as “carteiras”, desde o mais luxuoso até ao mais simples para quem tem um budget mais apertado.

Para aqueles que desejam acampar existem muitas opções, quase todas as cidades têm um parque de campismo e nas zonas rurais o mais provável é que vos convidem a acampar na propriedade de alguém.

Contactos Úteis em Marrocos
Imprimir esta página
Precisa de ajuda?
Dicas para viagens a Marrocos

PASSAPORTE: É necessário ter passaporte válido pelo menos por 6 meses para entrar no país. Membros dos estados Schengen não necessitam de pedir visto, bem como os do Brasil. Os visitantes podem ficar no território até 90 dias seguidos.

LÍNGUA: A língua oficial de Marrocos é o Árabe e é ensinado nas escolas. Mas na realidade o que se fala é o Árabe Marroquino ou Darija, bem diferente do Árabe clássico, por isso não fique surpreendido se falar correctamente Árabe e não compreender algumas conversas.

A população Berbere fala o Amazigh, na zona das montanhas no Norte o dialecto é o Tarifit, nas zonas do centro fala-se o Tamazight e no sul do país fala-se o Tachelheet.

O Francês é considerada a segunda língua oficial, e é facilmente compreendido por grande parte da população.

DIRHAMS: A moeda local é o dirham marroquino ( Dh ou MAD). Quando chegarem a Marrocos é fácil efectuar o câmbio, nos bancos ou casas especializadas para esse efeito. Existem também ATM onde se pode fazer o câmbio e algumas delas até têm um local para dar as moedas, desta forma não ficam prejudicados no câmbio.

HAMMAMS: Hammam em árabe significa “duche”. E é mesmo disso que se trata, é um local onde os marroquinos se lavam, mas não é um “duche normal” como estamos habituados a tomar todos os dias, é uma esfoliação corporal intensa. Existem dois tipos de Hammams em Marrocos, o turístico e o tradicional utilizado pelos locais. Os Hammams dos hotéis, são uma opção para quem deseja desfrutar de uma esfoliação feita por um profissional. Se procura realmente algo mais intenso, pode optar pelos tradicionais e assim tem a oportunidade de partilhar com os locais um ritual que faz parte da rotina dos marroquinos. Os Hammams são separados, homens e mulheres, ou pelo menos têm horas diferentes de funcionamento.

BEBIDAS: Não é recomendável beber água da torneira em Marrocos. Embora a maior parte dos locais a bebam pois o organismo já está habituado, para os visitantes pode resultar numa indesposição. Sendo assim é mais seguro beber água engarrafada.

O chá de menta é com certeza o que vão beber mais frequentemente durante a viagem. É um ritual e um gesto de boas-vindas por parte dos locais, e por delicadeza deve aceitar-se. Mas não só por delicadeza, partilhar um chá é partilhar um ritual, é estar disponível para partilhar os costumes e as tradições, é integrar-se e sentir que faz parte.





Os nossos
Alojamentos Sud

Newsletter

Contacte-nos
00 351 915 215 686
00 212 661 934 481

info@sudexpeditions.com
Siga-nos
Política de Privacidade & Termos de Condições | Como viajar até Marrocos? | Contactos úteis